Cidade de Tavares

Tavares

O Município

O município de Tavares localiza-se em um istmo, na planície litorânea na região sul do estado do Rio Grande do Sul, tendo a leste o Oceano Atlântico, a oeste a Lagoa dos Patos, ao norte o município de Mostardas e ao sul o município de São José do Norte.

Pertence a mesorregião metropolitana de Porto Alegre e microrregião de Osório, e faz parte da AMLINORTE - Associação dos Municípios do Litoral Norte. Situa-se na latitude 31° 17' 14" e longitude 51° 05' 37" oeste, e ocupa área de 604,26 km².

As terras são arenosas com características de restinga. São as dunas, desenvolvidas paralelamente à orla marítima, originadas de disposições eólicas de material arenoquartzoso. A altitude em relação ao nível do mar é de 15m. O clima é subtropical, com temperatura máxima em torno de 38º e mínima de 3°, temperatura média anual de 17,5°, com chuvas anuais; a precipitação pluviométrica está entre 1.150mm e 1.450mm anual. Apresenta uma vegetação formada por capões e um cordão de mata nativa que fica nas recostas. Há também um grande florestamento de Pinus elliottii.

A fauna é bastante diversificada. Além do camarão, há pequenos peixes, caranguejos e moluscos. Entre os mamíferos, destacam-se a capivara e a lontra. São mais de cem espécies de aves, cerca de 35 migratórias, como o flamingo, que migram do sul, e muitas outras vêm do Hemisfério Norte, como as batuíras, maçaricos-de-peito-vermelho, andorinhas-do-norte, trinta-réis (Sterna) e gaivotas.

A população é de 5.850 habitantes, a maioria descendente dos casais açorianos e de luso-brasileiros, tendo como herança histórica e arquitetônica a cultura e tradições portuguesas.

Um pouco da história:

Os imigrantes açorianos chegaram à região em 1760, destinados a povoá-la e assim assegurar o território para a coroa portuguesa. O coronel Antonio da Silva Tavares, um dos primeiros moradores da região, teria recebido do Rei de Portugal uma sesmaria, na área compreendida entre o Farol Mostardas e o Farol Capão da Marca, levando o município, emancipado em 1982, seu nome.

Antes da chegada dos imigrantes, aqui habitavam, há séculos, índios tupi-guaranis, minuanos, aracanes, carijós e os "patos", que tinham o pé grande, chamado pé-de-pato, e por morarem às margens da lagoa, originaram o seu nome.

Os índios desapareceram com a chegada do homem branco, mas deixaram fortes marcas de sua cultura e história, como os sambaquis, e outros vestígios arqueológicos.

A economia do município de Tavares está alicerçada na agricultura, principalmente no cultivo da cebola e do arroz; pecuária, com rebanhos de ovinos e bovinos; e na pesca, principalmente do camarão-rosa, na Lagoa do Peixe.

A extração do florestamento de pínus também está se tornando uma grande fonte de renda para o município.

A cidade dispõe de estação rodoviária, agência dos Correios e Telégrafos, agências bancárias, farmácia, lotérica, mercados e comércio em geral, jornais e revistas, e segurança pública garantida pela Brigada Militar.

Como atrativo cultural há a bela Capela Santo Antônio, cuja construção iniciou em 1939 e foi concluída em 1944.